Mês: agosto 2017

Você sabia que o urologista também trata mulheres?

Não é só você! Grande parte das mulheres desconhece os benefícios que uma consulta com o urologista pode trazer para a saúde. Nós, urologistas, ganhamos fama por cuidar do aparelho genital masculino, mas também somos especializados em doenças do aparelho urinário (rins e bexiga) de mulheres e homens, adultos, idosos e crianças.


Doenças como cálculo renal, infecção urinária e incontinência urinária são frequentes em mulheres e devem ser tratadas pelo urologista, sem contar as patologias tumorais que podem acometer o rim, a bexiga e a uretra.

É importante que as mulheres fiquem atentas em sangramentos na urina, ocorrência de dor na região abdominal ou lombar e perda involuntária da urina. Estes são sintomas de Cistite Intersticial, Infecção urinária, cálculos renais, entre outros.

Confira algumas das doenças urológicas que podem acometer mulheres.

 

Bexiga Hiperativa

É o transtorno conhecido como a vontade excessiva de ir ao banheiro e que provoca nas pessoas uma vontade incontrolável de urinar. Duas mulheres para cada homem possuem o quadro dessa doença que, se não tratada adequadamente, pode desenvolver incontinência urinária, problemas de pele e infecções urinárias.

 

Incontinência Urinária

Cerca de 30% da população feminina terá incontinência urinária depois dos 60 anos.

É uma doença caracterizada pela perda involuntária de urina e um problema de saúde comum entre mulheres de meia idade e idosas. Pode ser decorrente de um enfraquecimento da musculatura da pelve (bexiga caída), ou por um mau funcionamento da bexiga (bexiga hiperativa).

 

Cistite Intersticial

Também chamada de síndrome da bexiga dolorosa, é a inflamação crônica da bexiga, geralmente muito intensa, que acomete principalmente mulheres de 20 a 60 anos. Sua causa ainda é desconhecida.

 

Infecção Urinária

Pode ser causada por bactérias, fungos e vírus.

Cálculo renal

O cálculo renal, é uma massa sólida formada por pequenos cristais, que podem ser encontrados tanto nos rins quanto em qualquer outro órgão do trato urinário. O cálculo renal é conhecido popularmente como pedras nos rins.

Hábitos como consumir menos sódio (sal) e beber ao menos 2 litros de água por dia, pode diminuir o risco de ter a doença.

 

Você pode ler mais sobre as doenças tratadas em mulheres pelo urologista clicando neste link.

Agora você já sabe que ir ao urologista não é uma tarefa apenas do homem para manter a qualidade de vida.

Um grande abraço.

Dario Reis

Previna o câncer de próstata em 3 passos.

Olá!

Em breve, as palavras “câncer de próstata” e “Novembro Azul” estarão estampando todos os tipos de mídia e canais de comunicação, alertando para a prevenção da doença. Mas, antes de falar sobre ela, é importante saber que a prevenção é um hábito que pode e deve ser adotado desde a entrada na fase adulta do homem. Vou explicar o por quê da sua importância.

Você sabia que:

  • 1 em cada 6 homens terão câncer de próstata?
  • a incidência de câncer de próstata no Brasil só perde para o câncer de pele?
  • 9 em cada 10 casos têm chance de cura se identificado na fase inicial?
  • no mundo, é o quinto câncer que mais tem mortalidade?
  • que para evitar isso é preciso apenas 3 hábitos simples?

É verdade! A prevenção pode ser muito simples. Veja como!

UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL PARA APROVEITAR MAIS A VIDA.

ATIVIDADES FÍSICAS

Ajudam na prevenção do câncer por evitar o sobrepeso e a obesidade – que é um grande fator de risco – e também em casos não relacionados à doença, como hipertensão, problemas cardíacos e estresse, além de auxiliarem na autoestima e no estilo de vida, independentemente da idade.

Mas fique calmo! Você não precisa ser um atleta para diminuir os riscos. Caminhadas de 45 minutos, 3 vezes por semana, irão ajudar muito a sua saúde.

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

É verdade que uma gordurinha pode ser tentadora e até mesmo irresistível, porém é importante saber que o excesso é o grande vilão. Ser feliz de vez em quando não faz mal a ninguém, mas ingerir diariamente alimentos gordurosos, carnes vermelhas, enlatados e açúcar refinado não é indicado.

Mas e o sabor? Se você acha que tomates, pimentões, brócolis, couve-flor, romã e grãos como feijão, lentilha, amendoim e soja farão você perder o gosto pela vida, você precisa de um bom livro de receitas e criatividade, não de alimentos que lhe façam mal. Alguns desses ingredientes citados protegem as membranas mucosas e bloqueiam os produtos pré-cancerosos encontrados em carnes e peixes defumados.

EXAMES DE PRÓSTATA

Sabe aquela taxa de mortalidade que falamos lá em cima? Então, o hábito que os homens têm em não realizar os exames anuais é responsável por grande parte das mortes, porque a doença em seus estágios iniciais não apresenta sintomas. Se você acha que está bem porque não está sentindo nada e tem mais de 50 anos, pode ser uma cilada. Para tirar suas dúvidas, saiba as opções de exames que você precisa ou precisará fazer e veja como são simples e rápidos.

HORMÔNIO PSA

É analisado a partir de um exame de sangue comum e possui como resultados normais valores menores do que 4 ng/ml. Quando esse valor está aumentado, pode indicar problemas como inflamação da próstata ou câncer, por exemplo.

Tempo de exame: 1 minuto e meio

Periodicidade: uma vez por ano.

ULTRASSONOGRAFIA

Ajuda a avaliar o tamanho da próstata e identificar alterações em sua estrutura.

Tempo de exame: 3 minutos

Periodicidade: uma vez por ano.

TOQUE RETAL

Ainda é o melhor exame em casos de suspeita de tumor. O médico pode avaliar o tamanho da próstata através do toque. É o mais rápido e o que causa o menor desconforto.

Tempo de exame: 30 segundos

Periodicidade: uma vez por ano.

 

Viu? Para ganhar anos a mais de vida com sua família e amigos, basta seguir esses pequenos passos.

  • Se você possui menos de 50 anos, foque seus esforços na atividade física e alimentação. Não se esqueça de ir ao urologista para ver como anda a sua saúde em geral – não é apenas o câncer de próstata que você deve prevenir, certo?
  • Se você tem mais de 50 anos, comece já os exames de próstata.
  • Se você apresenta histórico na família, comece os exames aos 45 anos. Isso vai evitar ser pego desprevenido.

Não espere o Novembro Azul. Qualquer dia é dia para cuidar da sua saúde.

Um grande abraço.

Olá! Eu sou o Dr. Dario Reis

Sou urologista e andrologista há mais de 20 anos, formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ao longo da minha carreira, recebi diversos títulos, como o de Residência Médica em Urologia e Cirurgia Geral pelo Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo, e o de especialista pela Sociedade Brasileira de Urologia e Associação Médica Brasileira, entre outros. Sou também membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia e membro da Associação Americana de Urologia.


Atualmente sou médico urologista e coordenador de equipe no Hospital São Lucas, em Diadema/SP, e do Hospital Family, em Taboão da Serra/SP.

Nunca desejei ser outra coisa na vida senão médico, porque, para mim, tão importante quanto os títulos e a formação é gostar de cuidar de pessoas. Entendo que quando alguém procura orientação e cuidados ela pode estar vulnerável, muito preocupada e assustada. Conversar amigavelmente, explicar com paciência e orientar de forma didática fará grande diferença no tratamento ou na prevenção.

Aqui no consultório essa preocupação com o paciente é levada à risca, não só no atendimento médico, mas em toda a experiência que o paciente vivenciará – da marcação, remarcação, passando pelo tempo de espera, até o pós-cirúrgico, entre outras situações, todas muito importantes para a saúde e o bem-estar dos pacientes.

Um grande abraço.

Dr. Dario Reis

(CRM 71.490)